Igreja dos Filhos do Senhor Jesus Cristo

Conteúdos

JESUS CRISTO REGRESSA
 
Estudos Bíblicos
 
Carta aberta do Deus de seus pais a todo o povo de Israel
 
Pontos Bíblicos
 
 
 

A seu serviço

Quem somos
 
Direções e Telefones
 
Contate-nos
 

Español      English

    Italiano      Português

Français      Deutsch

 

Estudo: 9                                                 Que é o dízimo?

   

   É a décima parte dos rendimentos que uma pessoa contribui para uso sagrados; hoje em dia, a maioria das congregações chamadas Cristãs o percebem de seus fiéis e, em muitos casos, estimulam-nos a esforçar-se para que realizem um aporte crescente, fazendo igual o Dom de Deus às coisas materiais que se possam obter trabalhando mais e condicionando ao monto do aporte a Bênção que receberão os fiéis. 

   Então, cabe perguntar-nos É essa a Vontade do Senhor Jesus Cristo?; Todas essas pessoas vivem ao mesmo tempo sob a lei e sob a Graça?; Não estava o dízimo prescrito na lei a Moisés e perfeitamente demarcados os objetivos do mesmo?. 

   Do anterior, desprende-se que nessas congregações "Cristãs" Não Obedecem à Vontade de Deus, já que seus líderes atuam conforme a suas próprias concupiscências e não segundo Cristo; ou talvez estes são Levitas e portanto devem ser sustentados pelas demais tribos para que eles possam "servir" a Deus de contínuo?.

 

Jesus Cristo Ab-rogou a lei:

   Se tu que lês és nosso Irmão Genuíno, saberás que o FIM DA LEI é Cristo (Romanos 10:4); devido ao qual Não Há, depois de constituída a Igreja ( Pentecoste), UMA SÓ PASSAGEM NA BÍBLIA que CONSIGNE O APORTE DO DÍZIMO por parte dos Irmãos, qualquer seja a Congregação. Mais ainda, O Senhor Jesus Cristo nos diz: "graça recebestes, de graça dai" (Mateus 10:8), e "E quem tem sede, venha; e quem quiser, receba de graça a água da vida" (Apocalipse 22:17). O próprio Senhor explica que o "digno é o trabalhador do seu alimento" (Mateus 10:10); nós podemos constatar como atuaram todos os Apóstolos do Senhor, GUIADOS PELO ESPÍRITO SANTO, com respeito ao tema do DAR e do RECEBER, se esquadrinhamos as Escrituras desde Atos em adiante. Mas, este tema que se baseia nas Oferendas Voluntárias e em sua Honesta Administração, merece que se realize um Estudo específico; no entanto, recordaremos as palavras do apóstolo Pablo aos irmãos: "Porque vós mesmos sabeis como deveis IMITAR-NOS, pois que não nos portamos desordenadamente entre vós, NEM COMEMOS DE GRAÇA O PÃO DE NINGUÉM, antes com labor e fadiga trabalhávamos noite e dia para não SERMOS PESADOS a nenhum de vós. Não porque não tivéssemos direito...: se alguém NÃO QUER TRABALHAR, TAMBÉM NÃO COMA" ( 2 Tessalonicenses 3:7-10).

 

Abraâo entregou a Melquisedeque os Dízimos por todos os Filhos da Promessa: 

   O Dízimo que Abraâo deu a Melquisedeque é Igual ao dízimo prescrito na lei a Moisés?. Quando Abraâo deu o Dízimo de tudo a Melquisedeque (Gênesis 14:18-20), a lei não existia, já que Deus se a entregou a Moisés quatrocentos trinta anos depois; ademais, a lei NÃO AB-ROGOU O PACTO que Deus ratificou para com Abraâo, de maneira que a Promessa segue sendo válida, porque temos acesso à Vida Eterna, nossa Herança, só através da Promessa e não pela lei (Gálatas 3:17-18; Gálatas 3:22). De maneira que há dois caminhos, o da Promessa e o da lei. 

   Ao Caminho da Promessa pertencem Abraâo e todos aqueles predestinados por Deus a ser adotados Filhos Seus por seu Santo Espírito, O que nos aperfeiçoa até o Dia de Jesus Cristo, para que acedamos à Vida Eterna; o qual é o cumprimento total da Promessa que Deus fez a Abraâo (Romanos 8:11-17; Gálatas 4:5-7; Filipenses 1:6; Hebreus 12:23). Portanto, a BÊNÇÃO DE DEUS a Abraâo atinge a todos aqueles que somos da mesma que Abraâo, aqueles que quando Jesus Cristo nos vai ao encontro lhe entregamos todo nosso ser, espírito, alma, corpo, para ser santificados e Guardados por ELE irrepreensíveis até Seu já próxima Vinda (1 Tessalonicenses 5:23). 

   Então, quando Melquisedeque recebeu o Dízimo de tudo, de mãos de Abraâo, recebeu a seu Filho Abraâo e a todos nós, Filhos Seus (Gálatas 3:25-29; Gálatas 3:8) predestinados para a Vida Eterna desde antes da fundação do mundo (Efésios 1:4-5; Efésios 1:11-22; Efésios 2:4-6), todos aqueles que sendo Justificados pela Fé em Jesus Cristo, isto é, pelo cumprimento da Promessa, VIVEMOS adiante de Deus (Romanos 8:1-4; Romanos 8:10-14). Leste é o Dízimo que Abraâo consagrou a Deus mesmo; e em Abraâo pagou o Dízimo também Levi, que ainda não tinha nascido, cuja tribo segundo a lei recebe os dízimos (Hebreus 7:9-10).

 

Se fazemos obras da lei, estamos sob Maldição: 

   O segundo caminho é o da lei, o qual nada tem que ver com o da ; porque o justo pela Fé Viverá (Habacuque 2:4; Romanos 1:17; Gálatas 3:11; Hebreus 10:38); mas a lei diz: " Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, PARA AS CUMPRIR" (Deuteronômio 27:26; Gálatas 3:10; Gálatas 3:13; Levíticos 18:5). Agora, Não está Ordenado por Deus na lei que todas as outras tribos de Israel deviam sustentar à de Levi, por sair desta a casta sacerdotal e os levitas, consagrados a Deus para servir-lhe somente?. De maneira que se devia cumprir com este MANDAMENTO DO SENHOR, conquanto não sempre o fizeram (Malaquías 3:6-9); ainda que se cumpre com o mesmo, há obrigação também de cumprir com todos e cada um dos demais; pelo qual, se somos justificados pela lei, da Graça caímos, EM VÃO MORREU CRISTO (Gálatas 2:16-21). Mas, Que homem podia, pode ou poderá cumprir toda a lei?; "pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos" (Malaquías 3:6-10; Tiago 2:10-11). Então, Não tropeçam todos aqueles líderes que se dizem cristãos, na Pedra de tropeço e Rocha de queda, porque ignoram por vontade própria (2 Pedro 3:5) a Justiça de Deus e tentam, por ganho deshonesta, estabelecer a própria? (Romanos 9:33; Romanos 10:3). Não leram as Escrituras?; Não se percataron de que nada aperfeiçoou a lei (Hebreus 7:19; Hebreus 10:1) e que a lei e os profetas foram até Juan o Bautista (Lucas 16:16) e que o FIM DA LEI É CRISTO? (Romanos 10:4). Portanto, nenhum é Justificado pelas obras da lei, senão pela Fé em Jesus Cristo (Gálatas 2:16; Gálatas 5:4); porque ao estar apresente o PERFEITO, a lei ficou ab-rogada por sua debilidade e ineficiência (Hebreus 7:18). Mas para AB-ROGARLA, Jesus Cristo PAGOU O PREÇO EXTREMO, pôs sua VIDA ATÉ A MORTE no Madeiro, para resgatar-nos da MALDIÇÃO DA LEI, isentando-nos com seu PRECIOSO SANGUE (1 Pedro 1:18-20); porque ELE, sendo Deus e o DAODOR da lei, é o ÚNICO QUE PÔDE CUMPRÍ-LA. Amém.

 

Copyright © 2004 - 2018  Igreja dos Filhos do Senhor Jesus Cristo